Revealing : Karl Lagerfeld

First of all our Revealing today is controversial.
Virgo like me except that his birthday is on September 10th, Lagerfeld Karl was born in Harburg in Germany, and besides being the designer of Maison Chanel and Fendi, is an artist and photographer.

Antes de mais nada o nosso Revealing de hoje é polêmico.
Virginiano como eu só que do dia 10  de Setembro , Karl Lagerfeld nasceu em Harburgo na Alemanha, e além de ser o estilista da Maison Chanel, também comanda a Fendi , é artista e fotógrafo.


He has claimed he was born in 1938, by Elisabeth (born Bahlman) and his Swedish father Otto Lagerfeldt. He is known to insist that no-one knows his real birth date: Interviewed on French television in February 2009, Lagerfeld said that he was “born neither in 1933 nor 1938.”His older sister, Martha Christiane (a.k.a. Christel), was born in 1931. Lagerfeld also has an older half-sister, Thea, from his father’s first marriage. His original name was Lagerfeldt (with a “t”), but he later changed it to Lagerfeld as “it sounds more commercial.”

Ele alegou que nasceu em 1938, filho de Elisabeth  e seu pai, o sueco Otto Lagerfeldt. Ele insiste que ninguém sabe sua data de nascimento real: Entrevistado na televisão francesa em fevereiro de 2009, Lagerfeld disse que ele não nasceu nem em 1933 nem 1938. Sua irmã mais velha, Martha Christiane , nasceu em 1931. Lagerfeld também tem uma meia-irmã mais velha, Thea, do primeiro casamento de seu pai. Seu nome original era Lagerfeldt (com um “t”), mas depois mudou para Lagerfeld porque “soa mais comercial.”




When Hitler rose to power in the 1930s, the Lagerfelds moved to a rural area of northern Germany, where, as Karl would later recount, he was cut off from any knowledge about the Nazis.

Sensing his future lay elsewhere, 14-year-old Lagerfeld made the bold decision, with the blessing of his parents, to move to Paris. He’d been there just two years when he submitted a series of sketches and fabric samples to a design competition. He ended up taking first place in the coat category and meeting another winner,Yves Saint Laurent, who would become a close friend.
After attending a private school, Lagerfield finished his secondary education at the Lycée Montaigne in Paris, where he majored in drawing and history.



Quando Hitler subiu ao poder em 1930, os Lagerfelds mudaram-se para uma área rural no norte da Alemanha, onde, como Karl viria a contar, ele foi cortado de qualquer conhecimento sobre os nazistas.

Sentindo que seu futuro estava em outro lugar, aos 14 anos Lagerfeld tomou uma decisão arrojada, com a bênção de seus pais, para ir para Paris. Ele estava lá há apenas dois anos quando apresentou uma série de esboços e amostras de tecido para uma competição de design. Ele acabou levando o primeiro lugar na categoria casaco e encontrar outro vencedor, Yves Saint Laurent, que se tornaria um amigo próximo.
Depois de frequentar uma escola privada, Lagerfield terminou o ensino secundário no Liceu Montaigne, em Paris, onde se formou em desenho e história.



In 1955, at the age of 22, Lagerfeld was awarded a position as an apprentice at Pierre Balmain. 

In 1958, after three years at Balmain, he moved to Jean Patou where he designed two haute couture collections a year for five years. His first collection was shown in a two-hour presentation in July 1958, but he used the name Roland Karl, rather than Karl Lagerfeld


The working for Jean Patou,  provided the young Karl with valuable couture experience and, within a year, he was successfully working for a number of top Paris fashion houses. 


After launching himself as a freelance designer, working with brands such as Mario Valentino, Repetto, and the supermarket chain Monoprix and with financial backing from his family, he set up a small shop in Paris. At this time, he would often consult with Madame Zereakian, Christian Dior’s Armenian fortune teller. Lagerfeld later said, “She told me I’d succeed in fashion and perfume.”


However, having become disillusioned with Paris fashion, he moved to Italy to further his fashion education.He joined Fendi and, during the 1970s, he worked with Chloe. 


Em 1955, com  22 anos, Lagerfeld foi premiado com uma posição de aprendiz de Pierre Balmain.
Em 1958, após três anos na Balmain, mudou-se para Jean Patou, onde ele desenhou duas coleções de alta costura por ano durante cinco anos. Sua primeira coleção foi mostrada em uma apresentação de duas horas em julho de 1958, mas ele usou o nome de Roland Karl, em vez de Karl Lagerfeld
O trabalho cp, Jean Patou, providenciou ao jovem Karl uma experiência valiosa e, dentro de um ano, ele  trabalhou com sucesso várias casas de moda de Paris.Depois de lançar-se como  freelancer, trabalhando com marcas como Mario Valentino, Repetto, e a cadeia de supermercados Monoprix e com o apoio financeiro de sua família, ele montou uma pequena loja em Paris. Nessa época, ele costumava consultar com Madame Zereakian, a cartomante de Christian Dior. Lagerfeld disse mais tarde: “Ela me disse que eu ia ter sucesso na moda e nos perfumes.”No entanto, depois de ter se decepcionado com a moda de Paris, ele se mudou para a Itália para continuar a sua educação no ramo da moda. Ele se juntou a Fendi e, durante os anos 1970, ele trabalhou com Chloe.







By the 1980s, Karl Lagerfeld was a major star in the fashion world. He was a favorite among the press, who loved to chronicle his changing tastes and social life. Lagerfeld kept company with other major stars, including his good friend Andy Warhol.







While he’s developed a sort of hired gun reputation for jumping from one label to the next, he’s also put together a track record of success that few designers can match. At Chanel in the early 1980s he did what few thought possible: He returned what was perceived to be a near-dead brand back to life with a revamped popular ready-to-wear lineup






Around that time Lagerfeld launched his own label, in 1984, which he built around the idea of what he described as “intellectual sexiness.” Over the years, the brand developed a reputation for quality tailoring with bold ready-to-wear pieces like cardigan jackets in bright colors. In 2005 Lagerfeld sold the label to Tommy Hilfiger.




Na década de 1980, Karl Lagerfeld foi uma grande estrela no mundo da moda. Ele era um dos favoritos entre a imprensa, que gostava de narrar sua vida social. Lagerfeld manteve sociedade com outras grandes estrelas, incluindo o seu bom amigo Andy Warhol.Enquanto construia uma  reputação , ele também montou um histórico de sucesso que  digno de poucos designers. Na Chanel no início de 1980 ele fez o que poucos pensaram ser possível: Voltou com uma marca que parecia prester a morrer de volta à vida com uma renovada linha de pret-a-porter.Por volta dessa época Lagerfeld lançou sua própria marca, em 1984, que ele construiu em torno da idéia ele descreveu como “sensualidade intelectual.” Ao longo dos anos, a marca desenvolveu uma reputação de qualidade alfaiataria com peças marcantes de pret-a-porter como cardigan em cores fortes. Em 2005, Lagerfeld vendeu a marca para Tommy Hilfiger.

By 1997, Vogue crowned Lagerfeld “unparalleled interpreter of the mood of the moment”.

Lagerfeld is famous for having lost a lot of weight and bringing out a diet book, The Karl Lagerfeld Diet. He lost 90lbs on a diet which included eating tuna and blackberry mousse. He said “I think that fashion is the healthiest motivation for losing weight.” He also revealed that dieting isn’t any fun: “You have to be a real bore like me for it to work.”

Lagerfeld designed the costumes for the Carmen sequences in the 2002 film Callas Forever. In 2004, he designed some outfits for the international music artist Madonna, for her Re-Invention tour, and recently designed outfits for Kylie Minogue’s Showgirl tour.
Lagerfeld collaborated with the international Swedish fashion brand H&M. On 12 November 2004, H&M offered a limited range of different Lagerfeld clothes in chosen outlets for both women and men. Only two days after having supplied its outlets, H&M announced that almost all the clothes were sold out. Lagerfeld has expressed some fear that working with lower-end brands will taint his image, although in the past he has worked closely with the hosiery designer Wolford.

Karl speaks several languages ( English, German, French and Italian ) and owns 7L – a bookshop in Paris. He has also published books of his art photography.

Em 1997, Vogue coroou Lagerfeld como”intérprete inigualável do clima do momento”.
Lagerfeld é famoso por ter perdido muito peso e feito um livro de dieta, The Karl Lagerfeld Diet. Ele perdeu 40 kilos em uma dieta que incluía atum e  mousse de amora. Ele disse: “Eu acho que a moda é a motivação mais saudável para perder peso.” Ele também revelou que  dieta não é nada divertido: “Você tem que ser um tédio como eu para que ela funcione.”Lagerfeld desenhou os figurinos para as seqüências de Carmen no filme Callas Forever de 2002. Em 2004, ele desenhou algumas roupas para Madonna, para  sua turnê Re-Invention, e  recentemente  para a turnê Showgirl de Kylie Minogue.Lagerfeld a marca H & M. Em 12 de novembro de 2004, H & M oferece uma gama limitada de roupas desenhadas por  Lagerfeld nos estabelecimentos escolhidos, para homens e mulheres. Apenas dois dias depois de ter fornecido a coleção às lojas, a H & M anunciou que quase todas as roupas foram vendidas . Lagerfeld manifestou algum receio de que trabalhar com marcas fast-fashion iria manchar sua imagem, embora no passado ele tenha trabalhado  em  colaboração com o designer de meias Wolford.Karl fala várias línguas (Inglês, Alemão, Francês e Italiano) e é dona da 7L – uma livraria em Paris. Ele também publicou livros de  fotografia de arte.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s